Acesso à informação
Relatório de Desempenho Empresarial 2016 FNS em Operação Ouvidoria Operações ROF disponivel para consulta Ferrovia de Integração Oeste – Leste Ferrovia de Integração Oeste – Leste Ferrovia Norte-Sul Ferrovia Norte-Sul

notícias

VALEC LANÇA EDITAL DE ESTUDOS DA FERROVIA DE INTEGRAÇÃO/SC

13/05/2013 - Assessoria de Comunicação

A Valec lançou o edital de contratação de empresa que executará o Estudo de Viabilidade Técnica e Ambiental (EVTEA) e o Projeto Básico do Corredor Ferroviário de Santa Catarina / Ferrovia de Integração que vai ligar o porto de Itajaí ao extremo oeste do estado, no município de Dionísio Cerqueira/SC. O valor máximo previsto para a contratação é de R$ 68,7 milhões.

O lançamento oficial foi na Associação Comercial e Industrial de Chapecó/SC com a presença do Ministro dos Transportes, César Borges; a Ministra da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República, Ideli Salvatti; e o presidente da Valec, Josias Sampaio Cavalcante Júnior. Também compareceram ao evento prefeitos do estado, lideranças comunitárias e associações da sociedade civil.

A extensão da ferrovia será de aproximadamente 862 km. O traçado tem como referência as cidades de Blumenau, Ponte Alta, Santa Cecília, Herval D’Oeste, Chapecó e São Miguel do Oeste, entretanto, o referido traçado somente poderá ser definido após realização do EVTEA e do Projeto Básico.

Com os dois estudos prontos, será a vez do Projeto Executivo, a ser feito pela concessionária que ganhar a licitação, que ficará responsável também pela construção da ferrovia. O ministro César Borges se mostrou otimista quanto à participação da iniciativa privada. “A ideia é fazer uma concessão privada. Nós faremos o estudo de viabilidade técnica e econômica e depois vamos licitar. Nesse modelo, a iniciativa privada entra para construir a infraestrutura, mas a Valec vai adquirir todo o direito de passagem, então, não haverá uma exclusividade em que só um concessionário opera.”, afirmou o ministro.

O investimento previsto é de cerca de 4 bilhões de reais. A Ferrovia de Integração deve se conectar com pelo menos outros quatro trechos ferroviários. Uma conexão com a Ferrovia Norte-Sul (FNS), que passará pela cidade de Chapecó/SC; duas outras com a malha ferroviária já em operação, concessionada para a empresa América Latina Logística (ALL), nas cidades de Santa Cecília/SC e Herval D’oeste/SC; e a conexão com a futura EF-451 (Ferrovia Litorânea).

O presidente da Frente Parlamentar Mista das Ferrovias, Deputado Federal Pedro Uczai, elogiou publicamente o trabalho da Valec e destacou os benefícios que a ferrovia vai trazer para o Brasil. “Com esse modelo, vamos fazer a intermodalidade e integrar com rodovia, portos e aeroportos, por isso, esse traçado já está dentro desse conceito de exportar pro mundo, mas ao mesmo tempo do interior de Santa Catarina para outros estados do país e para o Mercosul”, afirmou.

O presidente da Valec, Josias Sampaio Cavalcante Júnior (à esquerda), no lançamento do edital para os estudos da Ferrovia de Integração.

Ministro dos Transportes, César Borges, discursa sobre a Ferrovia de Integração em Chapecó/SC

Crédito das imagens: divulgação VALEC


Voltar