A Ferrovia de Integração Oeste-Leste

Mapas da Ferrovia Integração Oeste Leste

Com aproximadamente 1527 km de extensão, a Ferrovia de Integração Oeste Leste-FIOL ligará o futuro porto de Ilhéus (no litoral baiano) a Figueirópolis (em Tocantins), ponto em que se conectará com a Ferrovia Norte Sul.

Objetivos

  • Estabelecer alternativas mais econômicas para os fluxos de carga de longa distância;
  • Favorecer a multimodalidade;
  • Interligar a malha ferroviária brasileira;
  • Propor nova alternativa logística para o escoamento da produção agrícola e de mineração por meio do terminal portuário de Ilhéus/BA; e
  • Incentivar investimentos, para incrementará a produção e induzir a processos produtivos modernos.

Benefícios

  • Reduzir os custos de transporte de grãos, álcool e minérios destinados aos mercados internos e externos;
  • Aumentar a produção agroindustrial da região, motivada por melhores condições de acesso aos mercados nacional e internacional;
  • Interligar os estados de Tocantins, Maranhão, Goiás e Bahia aos portos de Ilhéus/BA e Itaqui/MA, o que proporcionará melhor desempenho econômico de toda a malha ferroviária;
  • Incentivar os investimentos, a modernização e a produção;
  • Melhorar a renda e a distribuição da riqueza nacional;
  • Reduzir a emissão de poluentes;
  • Reduzir o número de acidentes em rodovias.

Tabela de Estados e municípios influenciados diretamente pela ferroviaEstados e municípios influenciados diretamente pela ferrovia