Acesso à informação

7. EF-280/499/498 – CORREDOR FERROVIÁRIO DE SANTA CATARINA

Trecho Itajaí/SC–Herval D’Oeste/SC–São Miguel do Oeste/SC–Dionísio Cerqueira/SC

Mapas do trecho Itajaí/SC–Dionísio Cerqueira/SC

De acordo com a diretriz do Governo, o Corredor Ferroviário de Santa Catarina ligará o município de Dionísio Cerqueira ao Porto de Itajaí e se conectará com a malha sul concedida à ALL- América Latina Logística S.A. Essa nova configuração permitirá o escoamento da produção pelos portos de Itajaí/SC ou de Paranaguá/PR. Em Chapecó/SC, a ferrovia se conectará com a FNS e permitirá também sua integração com o porto de Rio Grande/RS.

O EVTEA, a Aerofotogrametria e o Projeto Básico possuem investimento previsto no PAC de R$ 68,7 milhões

Objetivo

  • Reduzir o valor do frete e agilizar o transporte de cargas;
  • Interligar as ferrovias;
  • Proporcionar alternativa para o direcionamento de cargas para os portos de Itajaí/SC, Paranaguá/PR ou Rio Grande/RS; e
  • Melhorar as condições de acesso aos mercados nacional e internacional, contribuindo para o aumento da produção agroindustrial da região.

Benefícios

  • Incrementar a economia do estado e cidades ao longo do eixo da ferrovia;
  • Reduzir os acidentes nas rodovias e os custos de manutenção da infraestrutura rodoviária;
  • Melhorar a qualidade de vida da população;
  • Aumentar a renda interna da região, com a redução da pobreza;
  • Oferecer novas frentes de trabalho.
  • O EVTEA, a Aerofotogrametria e o Projeto Básico possuem investimento previsto no PAC de R$ 68,7 milhões.

Unidade da Federação por onde passará a ferrovia

  • Santa Catarina

Diagrama Unifilar do Corredor Ferroviário de Santa Catarina

Diagrama Unifilar do  Corredor Ferroviário de Santa Catarina

Obs: o diagrama acima refere-se a diretriz definida na lei 11.772, ou seja, somente ao término do estudo será possível identificar os municípios que a ferrovia irá perpassar.

Situação Atual

Foi assinado em 15/10/2014, com o consórcio vencedor PROSUL/SETEPLA/URBABIZA/HANSA, o contrato para elaboração do estudo de viabilidade técnico, econômico e ambiental. A Ordem de Serviço foi assinada no dia 12/11/2014, dando início aos trabalhos com a reunião de abertura para alinhamento das expectativas com os interessados no projeto.

O Relatório de Andamento - 04, contendo o levantamento de informações de mercado, ambientais e socioeconômicos, foi entregue e submetido à análise. A conclusão do EVTEA está prevista para abril/2016.

Etapas do trecho Itajaí/SC–Dionísio Cerqueira/SC

Etapas do trecho Itajaí/SC–Dionísio Cerqueira/SC